7/10/2007


Quando se fala na economia do Brasil, pode-se falar que ela está indo muito bem, obrigado. Seguindo este ritmo, muitos acreditam que o Dólar pode chegar a casa dos R$1,7... o que é muito bom para a nossa economia; e a projeção para os proximos 12 meses é boa, esperemos que continue assim. Eu mesmo fico impressionado quando vejo a bovespa batendo recordes e recordes a cada dia que passa, A bolsa que deve entrar para o Guinnes, o livro dos récordes.. o que é excelente no momento para a economia brasileira e para as empresas, porem não podemos ficar sem nos perguntar - quando ela vai parar? quando vai começar a cair? quando não é mais seguro investir em empresas Brasileiras? Isso é o que todos perguntam, por muitas vezes a Bovespa depende da "imagem" do País lá fora, dos acontecimentos e da influencia do mercado externo para que os empresários de outros países continuem investindo em ações de empresas Brasileiras, que geram o crescimento da economia no país verde e amarelo, como vem acontecendo ultimamente. O que a Bovespa vem fazendo, é tentar mudar um pouco este cenário, mudar a cultura do brasileiro (o que é muito díficil) dando cursos de educação financeira doméstica! isso mesmo, para educar e ensinar ao brasileiro como controlar seus gastos, no dia-a-dia, como alimentação, vestuário, lazer, saúde, tudo... você pode conferir e começar a se policiar nos seus gastos, baixando a planilha de gastos mensais no site da bovespa.
Assim no final do mês sobra uma graninha extra. E o que fazer com essa graninha extra? Gastar? Não... INVESTIR!!
Essa é a missão da bovespa, que de tempos para ca, conseguiu mudar a cabeça de muitos brasileiros, para que investissem em alguma empresa Brasileira, assim fortalecendo a economia e gerando um superávit de receitas para que as empresas possam crescer cada dia mais, levando todos os aspectos economicos do país para frente, alcançando outros patamares. O que é muito engraçado, comparada a economia Japonesa por exemplo, que o governo implora para a população gastar seu dinheiro guardado, eles facilitam os créditos, financiamentos, empréstimos para a população; más os japoneses não querem saber de gastar. A pesquisa revelada pelo instituto de pesquisa economica aplicada (ipem), mostra que os cidadãos nipônicos tem em suas contas, poupanças ou em investimento privado, uma média de equivalente a R$20.000,00. O que faz com que as empresas e a economia em si tenha um superávit gigantesco, de recursos financeiros para acelerar cada vez mais a potencia. O que no Brasil vai demorar um pouco, pois aqui o que temos é uma população "consumista compulsiva", que não pensa antes de financiar um carro ou uma casa por trocentos meses, onde somados todos os juros pagos pelo financiamento, o resultado daria para fazer um belo investimento e comprar um carro melhor no futuro... aqui o consumidor quer a sua realização, não quer esperar, não tem paciencia e não prospera com as expectativas dos outros ou melhor, das empresas brasileiras. Mudar essa cultura será um pouco dificil, mais eu ainda acredito que o Brasil tem jeito, se tudo começar a mudar lá de cima, que é o exemplo para a população, daqueles que estão no governo, dirigindo a máquina da fortuna, porem gastando muito e investindo pouco.
Postar um comentário