7/14/2009

BRASIL ADENTRO !


Dentre as oportunidades que aparecem no desenvolvimento da economia verde e amarela e as influências do mercado externo no país, só no ano passado foram aproveitadas pelas maiores empresas que fizeram também avançar a maquina da economia Brasileira, antes mesmo de meados de setembro, quando a crise começou a surtar efeitos, o país estava em constante crescimento e boa parte do resultado de produção, venda, imagem e lucro para o mercado externo foi graças ao Agronegócio. Responsável por oferecer a outros países produtos e serviços além de liderar a exportação em suprimentos, em base carne, frango, café e outros para emergentes como a China. A produção de 2008 foi responsável por 25% do PIB Brasileiro, o que é uma tendência forte para quem pensa que nosso trabalho no interior do país é pouco. Temos que dar mais atenção a muitas empresas, trabalhadores e infra-estrutura de muitas cidades do interior que muitas vezes, por não ter todos os pontos negativos que grandes metrópoles possuem, essas cidades fazem do IPC (Índices de preços do consumidor) altíssimo, o que é perfeito para ter uma qualidade de vida bem superior comparada a grandes áreas urbanas do país. Todos nós estamos carecas de saber que precisamos de mais investimentos em infra-estrutura, redução de impostos, maior fiscalização, mais trabalho e outros pontos chave que são de praxe para o país funcionar perfeitamente de acordo com as variações e necessidades da economia externa. Quase uma revolução, mas dentre essas considerações, voltamos nossos olhos para cidades em potencial, que daqui a alguns anos, seguem a tendência do surgimento de novas demandas. Cidades que estão em ascensão no consumo de produtos com alto valor agregado, com um alto potencial de consumo. Um bom exemplo é da cidade de Araraquara, onde os araraquarenses gastam acima da média nacional, segundo a Target Marketing, empresa especializada em pesquisa de mercado, ao concluir os cálculos do IPC-Target do Brasil em Foco 2009. Visando esses novos mercados em diversas regiões do país, em um futuro não muito distante, as oportunidades vem aparecendo em qualquer lugar.

No interior do Brasil produzimos milhares de suprimentos para o mundo, e muitas vezes, pessoas das metrópoles não sabem o que é a vida na Fazenda e no campo rural. Assim surge um assunto tratado por Jan Britto, “Turismo Rural pode ser opção em tempos de crise”, onde ela aborda também o uso do Second Life, onde turismo é voltado ao espaço rural. O que é definitivamente interessante, pois cruza a cultura de diversas regiões de cidades existentes no Brasil, assim como cidades peça chave de muitas cruzadas históricas por todo o território que fizeram marcos no avanço da economia. Vamos torcer para que os investimentos do nosso país continuem e que sejam tomadas as decisões certas, para que a nossa máquina econômica contemplada de tantas terras, tome bons rumos no ramo do Agronegócio!

Imagens: Acervo Web

Postar um comentário