10/27/2009

Mercado imobiliário e internet

Aproveitar melhor a web para divulgar lançamentos e outros produtos do segmento imobiliário faz parte da palestra que acontece em 19/11, na sede do Sindicato, com transmissão simultânea e on demand.

Aproveitar a facilidade e a rapidez de informações típicas da internet para realizar negócios pela web é uma prática cada vez utilizada por clientes do setor. Mas nem todos os empresários e profissionais do ramo estão atentos a essa tendência. O próximo Encontro Secovi-PQE, intitulado “Internet: o que todo mundo já está fazendo menos você?”, mostrará que as empresas precisam investir mais nessa poderosa ferramenta para alcançar o sucesso e indicará como elas podem aproveitar melhor todos os recursos disponíveis desse mecanismo para conquistar os clientes internautas. O evento acontece no dia 19/11, das 9h30 às 12 horas, na Rua Bacelar, 1.043 – Vila Clementino

“O setor imobiliário aproveita muito pouco os recursos da internet para divulgar sua produção, porém, apesar da baixa utilização, em uma pesquisa encomendada pelo Google, em 2008, os usuários lembraram, pelo menos, de algum anúncio relacionado a imóveis. É preciso aproveitar isso”, revela Marcela Ferreira, executiva do Google Brasil para o segmento imobiliário e palestrante da reunião. Outros dados do mesmo levantamento revelam que, dos 1,6 bilhões de usuários e 3,5 milhões de buscas por dia, 88% estão interessados em comprar apartamentos ou casas pela internet.

A palavra imóveis foi acessada mais de 5 milhões de vezes e mais de 1,9 milhão de internautas buscaram por apartamento. Em São Paulo, mais do que em classificados de jornais e revistas, a internet é o meio mais utilizado para buscar empreendimentos imobiliários. Um dos motivos é a disponibilidade de subsídios importantes para uma tomada de decisão, como textos explicativos, exibição de vídeos, fotos, músicas e outros detalhes importantes, como a localização e os serviços oferecidos no bairro do imóvel desejado.

“O custo do investimento é bem mais baixo do que em outras mídias e mais gente é atingida. Na web é possível encontrar os clientes que procuram seu produto, desde o momento da busca até a decisão de compra”, garante a executiva do Google. Após a pesquisa, o cliente pode tirar as dúvidas por e-mail, o que facilita a venda ou locação. A internet também pode ajudar nos pré-lançamentos, lançamentos e até na queima de estoque.

O empresário também pode divulgar seus produtos em sites patrocinados ou relacionados por meio de comunicação integrada, que oferece serviços que têm a ver com os imóveis divulgados. “Não há distinção de classe social na web e até quem procura produtos do programa Minha Casa, Minha Vida usa a internet”.

Informações pelos telefones (11) 5591-1304 a 1307 ou no site da Secovi.

Postar um comentário