10/23/2009

O vício do Search Overload




Durante a participação da Wingman_ de Portugal no Seminário do Senac-Rio, um termo semelhante ao quase sinônimo, “overload informativo“, surgir para aumentar o meu acervo de termos do comportamento do consumidor virtual. O “search overload” refere-se a quando, ao fazer uma pesquisa, você recebe uma quantidade enorme de resultados irrelevantes, sites e links que não têm nada a ver com o que você estava procurando e que te levam a mais resultados menos irrelavantes ainda, tornando a pesquisa beirando o inútil.

A intenção da Microsoft com a campanha do novo Bing era gerar um certo questionamento e mudança de atitude, fazer com que as pessoas trocassem o sistema de busca da Yahoo! ou do Google pelo Bing, da Microsoft, que não proporcionaria esse tal de “search overload” já costumeiro nos dois outros sistemas.

A mudança poderia acontecer sem custos para o usuário. Afinal de contas, a curva de aprendizado seria mínima, somente seria necessário digitar www.bing.com ao invés de www.google.com no navegador, duas letras a menos só.

Porém, nesse um mês de vida oficial do novo sistema, a tarefa se tornou bem difícil para a Microsoft. Pesquisas mostram um cenário em que grande parte dos usuários está satisfeita, quer dizer, acostumada com os atuais mecanismos de buscas. Pesquisas realizadas com usuários alpha e depois em grande escala com outros usuários da web na Europa, mostraram que 22% dos entrevistados usavam o sistema Google de busca para acessar sites que eles já conheciam, apenas com o intuito de não se preocupar com endereços exatos e URL.

A mesma pesquisa mostrou que mais de 50% dos usuários entrevistados acredita que essa certa abrangência (um nome bonito pra esconder um grande erro) ajuda a encontrar coisas que não estavam procurando porque não sabiam o que procurar. Os famosos unknown-unknown.

Com dados desse nível, vai ficar difícil pra Microsoft mobilizar os usuário em direção ao Bing, porque o Search Overload deixou de ser um problema da web para se tornar um vício dos usuários no mundo todo.

No vídeo abaixo, um dos comerciais do novato Bing, da Microsoft, que aqui, no Brasil, ainda não está com os seus recursos completos. Microsoft mostrando ao que veio.


E aí, você também sofre da Síndrome de Search Overload??
Postar um comentário