7/10/2012

((( O Blog é meu (nosso) e escrevo do jeito que eu quiser )))



~ Não duvide dos benefícios da inovação na forma como você escreve ou duvide se quiser ~

Nos últimos dias fui criticado por escrever de uma forma diferente em um dos vários blogs que faço parte e confesso que fiquei bem desmotivado com a crítica. Me pediram para que meus textos fossem revisados (hahaha). Alô? A matéria em que mais me dediquei na vida foi o português, e falar uma coisas dessas nos meus ouvidos/olhos, hoje, é um ofensa sim!

Nós temos 5 anos de blog, mais de 10 anos de internet e sabemos no mínimo escrever com boas palavras, linguagem de fácil entendimento e inovadora para quem está por dentro da nova linguagem do mercado e da vida online . Desde que comecei a escrever em outros blogs me retirei parcialmente do MKTfocus por acúmulo de tarefas e falta de tempo. O que antes era uma válvula de escape de toda informação que sobrava de pesquisas de conteúdo que fazíamos na época de produção no trabalho, hoje o blog ficou bem esquecido, justamente pelo (meu) foco de poder compartilhar coisas novas em outras redes, como o Ning, twitter, facebook, tumblr, wordpress, etc.

Pensei que se eu estivesse colaborando com outras redes, escrevendo em conjunto com outras pessoas com diversos temas diferentes, estaria colaborando para algo maior do que o Ego. Só que não.
Coisas ruins devem acontecer em nossas vidas para que coisas boas possam ter início (ou recomeço, no caso). E é nesse momento que estou passando agora, no retorno ao MKTfocus para escrever para os meus amigos de verdade, leitores queridos, blogueiros parceiros e todos aqueles que acompanharam a nossa história e nossas experiências nesse mercado dinâmico.

Nós não somos patrocinados. Ninguém nos paga para escrever aqui. Escrevemos por amor.

O que aconteceu nos últimos dias me fez refletir sobre os fluxos de conversação nas redes, onde nós compartilhamos conteúdo, conhecimento, experiências e tudo aquilo que aprendemos durante a vida. E confesso novamente meu, que fiquei com pé atrás até em publicar no Facebook. Ok, não estou criticando a ferramenta, só estou questionando: onde nós publicamos o nosso conhecimento? Quanto vale o seu conhecimento? Estão dando valor não são likes no seu conhecimento? Pensemos nisso.

Mas o que importa é que todo esse momento mágico serviu para renovar a minha determinação em escrever novamente no MKTfocus com uma periodicidade maior, com conteúdo mais analítico (como fazíamos ha tempos) e com a linguagem que bem entendermos. Pois como disse um amigo: não é possível agradar a gregos e troianos. Então prefiro agradar aos que pensam fora da caixa, aqueles que interpretam com o coração e que deixam de lado o ego quando for ler, assistir, escutar, experimentar qualquer conteúdo alheio na vida do que tentar agradar aqueles que não entendem a nossa linguagem jovem e inovadora.

Um beijo MKTfocado :)
Postar um comentário