1/10/2019

Chegou a "nova era": dicas urgentes de privacidade e segurança digital

Nunca foi tão importante se preocupar com a sua privacidade na internet. Saiba como se proteger.

Essa "nova era" exige que tenhamos muito, mas cuidado com a segurança dos nossos dados e privacidade. Dados, no caso, não apenas CPF e RG mas todos os outros mais de 50 mil pontos de informação sobre uma pessoa que podem ser coletados de diversas formas.

Ao navegar na internet, nossas emoções, interesses e orientações políticas são coletadas. Por isso, segue algumas dicas essenciais para mudar os hábitos na web e se organizar, com mais inteligência, para não virar um produto.

Celular:


Localização: desative a localização do seu celular na maior parte do tempo. Se precisar usar, ative para que o app funcione (como Google Maps ou Waze) e desligue novamente.

VPN para celular: o VPN serve como uma "camisinha" virtual. Ele protege os seus dados de redes inseguras, sites e aplicativos. Existem opções gratuitas para baixar aqui: shorturl.at/oBGIM

Facebook: o ideal seria deletar todo o perfil e aplicativo dos aparelhos. Caso você seja um viciado e dependa do uso para fazer negócio, é preciso desabilitar várias coisas: acesso à câmera, microfone, contatos, calendário, localização, sms e storage. Não está convencido? Leia este artigo: shorturl.at/clry2

Testes no Facebook (quizzes): parem de fazer testes como "Quem será você na nova era?". Estes aplicativos roubam os seus dados em poucos cliques. Leia mais aqui: shorturl.at/clry2

WhatsApp: Durante as eleições no Brasil em 2018, ativistas progressistas relataram que suas contas foram banidas (alguns, permanentemente do aplicativo) por desmentir as fake news dentro dos grupos de desinformação do governo. Ao mesmo tempo em que os números usados por um quadrilha organizada da desinformação (números de celulares falsos ligados a assessores de políticos) continuaram - e continuam - ativos no aplicativo até hoje. Vale a pena apenas para distribuir memes e notícias no grupo da família. APENAS. Vai confiar? Leia mais aqui: shorturl.at/hsyz9 e aqui


"Eu entendo que as agências de segurança justificam a implantação de backdoors com seus esforços anti-terror. O problema é que esses backdoors também podem ser usados ​​por criminosos e governos autoritários. Não é de admirar que os ditadores parecem amar o WhatsApp."  https://medium.com/dicas-telecast/por-que-o-whatsapp-nunca-ser%C3%A1-seguro-8b69a54d7b7c

Alternativa para o WhatsApp:

Telegram
.
não é necessário compartilhar o seu número de telefone pessoal para conversar com alguém e oferece outras opções de privacidade e segurança. Além de ser mais rápido, é excelente para grupos e canais. Mas, atenção: assim como o WhatsApp, ele também permite que suas mensagens sejam encaminhadas de um chat / grupo para outro, incluindo o seu nome (se você permitir). App para celular e computador aqui: https://telegram.org/

Signal: para mensagens mais sensíveis como denúncias de crimes, conservas com advogados, jornalistas, processos criminais em geral. O mais seguro no momento, indicado por Edward Snowden (também para computador). https://signal.org/

Computador:

Senhas:
- Usar senhas diferentes para várias contas. NÃO SEJA HACKEADO.

Existe um site/app que guarda todas as senhas pra você, onde é preciso memorizar apenas uma - a do próprio app: https://lastpass.com/create-account.php

- Usar autenticação de dois fatores - importantíssimo shorturl.at/hBKN3

Emails:
Gmail, Hotmail, Yahoo, Outlook - esquece. Se um regime autoritário abrir processo, podem acessar seus emails no Brasil - Veja o número de processos abertos por políticos contra empresas de tecnologia para acessar os emails das pessoas: http://www.ctrlx.org.br/

Email mais seguro:
Prontonmail. Serviço de e-mail criptografado de ponta a ponta, com base na Suíça e que não usa seus dados e nem entrega eles pra ninguém (gratuito, também para celular): https://protonmail.com/

Pesquisas:
Google, Yahoo e Bing RASTREIAM seus dados.

- Usar duckduckgo.com ao invés do Google .com para pesquisas - https://duckduckgo.com/

- Navegador:
Chrome, Safari e Edge não são seguros. Firefox, Opera e Brave são melhores. 

> Firefox:https://www.mozilla.org/en-US/firefox/new/


> Brave Browser: https://brave.com/ mais rápido e bloqueia trackers de diversos sites. Ao instalar no celular, configure para ser o navegador padrão.



- Usar VPN - Existem pagos com o NordVPN e plugins gratuitos para o navegador Firefox
https://addons.mozilla.org/en-US/firefox.../setupvpn/

No mais, é isso: fiquem espertos e parem de alimentar a máquina de desinformação destes animais.

Não seja manipulado!

Nenhum comentário: