1/15/2010

Equilíbrio Online e Offline



Foi divulgado recentemente um estudo da Disney sobre o comportamento de crianças européias de 8 a 14 anos, os chamados Tweens. E um dos achados mais interessantes está relacionado ao mundo virtual mostrando que as crianças preferem a vida real à internet.

Computadores e internet são importantes para 95% dos entrevistados, mas encontrar amigos e fazer novas amizades pessoalmente (não de forma online) é a preferência da maioria. E mais, 44% deles acredita que a função da web é reforçar laços de amizade e para manter contato com amigos já existentes no "mundo offline".

A pesquisa foi feita com mais de 3.000 crianças na Europa e a Disney já chegou à conclusão de que elas são uma geração que, ao mesmo tempo que já nasce com a tecnologia de ponta como algo natural e o mundo como algo tecnológico, mantém comportamento e valores bem tradicionais da antropologia do século passado.

Por enquanto, é apenas uma pesquisa, mas pode ser um sinal de que está vindo uma geração mais digital, porém mais equilibrada. Com o passar do tempo, as pessoas estão sabendo equilibrar melhor o tempo entre o que se convencionou chamar de “vida online” e de “vida offline”.

O gráfico abaixo mostra como algumas das ações de nossas vidas já possuem a versão offline e online simultaneamente.


Já chegamos a fase onde ir ao parque, marcar um cinema com os amigos e comprar um livro novo se tornou uma ação saudosista, pra alguns quase retrô.

Imagem: Reprodução
Postar um comentário