4/26/2013

Digital Week ESPM - 6 a 10 de maio

Acontecerá em São Paulo entre os dias 06 a 10 de maio, o Digital Week ESPM.

Evento voltado para tratar das últimas tendências sobre o marketing digital e E-commerce. Uma iniciativa da ESPM para fomentar o conhecimento no setor.
Aproveite a oportunidade e participe!
Saiba mais no site:  www.espm.br/digitalweek

4/25/2013

Pesquisa detalha diferenças no perfil de consumo por classe social


A executiva Stella Kochen Susskind, presidente da Shopper Experience, coordenou um estudo online informal com 500 clientes secretos para avaliar os comportamentos de consumo nas classes sociais no Brasil.

Entre as principais conclusões do estudo, a executiva destaca a mudança do perfil do consumidor brasileiro que, embora tenha algumas características comuns, diferencia-se de acordo com a classe social. A classe C é mais controlada, valoriza os sentimentos positivos de conquista associados ao poder de compra; entretanto, está alerta em relação ao lado negativo do consumo e mais atenta a dificuldades no pagamento e nas taxas de juro. Na classe B, o consumidor vivencia mais intensamente o prazer de comprar, embora se preocupe com preços e condições de pagamento. A classe A, por sua vez, deseja construir um relacionamento melhor com as marcas.

De acordo com a executiva, no Brasil o atendimento passou a ser um diferencial importante impulsionado pela consolidação do Código de Defesa do Consumidor. Na prática, o brasileiro – até então, tolerante e paciente – passou a ter consciência dos seus direitos seja com relação à qualidade do produto, seja com relação ao atendimento. Além de reclamar, esse consumidor propaga sua opinião, positiva ou negativa, em redes sociais.

Um dos agentes da transformação das relações de consumo é a internet, que mudou, significativamente, o comportamento do consumidor, sobretudo dos mais jovens. “Hoje, o brasileiro testa os produtos em lojas físicas e compra, de acordo com o preço e a conveniência, pela internet. Comportamento verificado, em especial, entre os consumidores com idade entre 18 anos e 35 anos.

Desse contingente, 75% dos consumidores revelaram a preferência por comprar online pelo preço. Um outro dado interessante é que 25% desses compradores – chamados de showroomers – vão até a loja física com intenção de comprar efetivamente, mas desistem pelo preço”, detalha Stella, acrescentando que embora o driver desse consumidor seja o preço, esse é um comportamento raro. “Vários estudos, nacionais e internacionais, comprovam que o atendimento é um fator fundamental para a decisão de compra”, salienta.

A análise da pesquisa da Shopper Experience mostra que 58% dos entrevistados visitaram as lojas físicas e, posteriormente, deixaram comentários positivos nas redes sociais, mesmo não tendo efetivado a compra. Esse comportamento revela que o atendimento é o diferencial, portanto, o foco recai sobre a experiência de compra ou quase compra do cliente.

Por: Supermercado Moderno

4/23/2013

São Paulo terá virada empreendedora no próximo final de semana

Evento reúne startups, empreendedores, investidores e especialistas durante 24 horas de programação


No próximo final de semana a cidade de São Paulo vai reunir startups, empreendedores, investidores e especialistas para a terceira edição da Virada Empreendedora. O evento terá 24 horas de programação, com rodadas de negócios, cursos, palestras e outras atividades.

A terceira edição do evento será realizada a partir das 14h do dia 27 abril até às 14h do dia 28 de abril, no campus da Fundação Getúlio Vargas (FGV) em São Paulo. As inscrições já estão abertas (aqui).

Confira abaixo uma lista com os destaques da programação:

:::Dia 27 de abril:::
15h15 - Ecommerce 2.0.
O painel, mediado por In Hsieh, fundador da loja Baby.com, trata da tendência por personalização de sites de venda online para atender às necessidades de seus usuários. Além de In Hsieh, participam do debate Alykhan Karim (Sonoma), Jonathan Assayag (Lema 21) e Andre Beisert (olook).

18h - Onde está o dinheiro?
Ministrado por Cássio Spina, fundador da Anjos do Brasil, o painel trato do cenário de investimentos e como atrair fundos e sócios para novos negócios.

17h - Quanto custa o seu negócio?
Modelo de negócio, viabilidade financeira e como apresentar tudo isso para o mercado é o foco da atividade, coordenada por Gustavo Santi, da E-Commerce Brasil e Laboratorium e Anderson Penha, da Foltigo. O evento contará com uma sequência de palestras e atividades práticas e interativas. Também participam do evento Martha Terenzo, da ESPM, Nei Grando, autor do livro Empreendedorismo Inovador, e Erick Krulikowski, do Setor I.

:::Dia 28:::
9h - O desafio de inovar
Inovação se tornou uma palavra muito utilizada no mundo dos negócios, teoricamente. Mas e na prática? O que é inovação? Quais são os desafios enfrentados pelo empreendedor na hora de criar algo novo? Onde a mágica da inovação acontece? Quando é a hora de inovar? Na palestra serão abordados conceitos e atividades práticas de pesquisadores e cientistas que irão estimular a prática da inovação diária do empreendedor.

10h - Jovens empreendedores
Nathalie Trutman, autora do livro Manual para Jovens Sonhadores, e Eduardo Lyra, do livro Jovens Falcões, trarão histórias de jovens que saíram do nada para alcançar o sucesso e, no meio do caminho, ainda contribuíram para um mundo melhor. Para contar um pouco da sua história, Marco Gomes (boo-box) estará presente no painel.

por: Estadão PME

4/19/2013

A história dos cupons

Ontem tivemos o nosso happy hour +MKTfocus , onde conversamos sobre N assuntos do mercado, varejo, e-commerce, tendências, humanismo, inclusive sobre o comportamento do brasileiro, que diferente do americanos, tem vergonha de pedir descontos, olhar o cardápio na frente do restaurante e (damnt!) não usam cupons de descontos. Acabamos perdendo no saldo final, diferente do que faz parte do dia-a-dia dos consumidores na América, e que traz muitos benefícios ao economizar nas compras mensais.

Recebi esse infográfico hoje do +Marcelo Pimenta, via socialtimes, e achei pertinente compartilhar aqui para repensarmos a forma como lidamos com os benefícios oferecidos ao consumidor e como aproveitamos os descontos oferecidos pelas empresas no Brasil.

4/05/2013

Novas classes sociais? Confira as 7 apontadas em pesquisa no Reino Unido

Pesquisa realizada pela BBC no Reino Unido revela 7 classes sociais




Confira as classes que foram definidas na pesquisa:


Elite - o grupo mais privilegiado, distinto por sua renda e que os alcança os maiores níveis nos três tipos de capital.
Classe média estabelecida - a segunda mais rica e também o maior grupo. Tem altos níveis nos três capitais.

Classe média técnica - um grupo pequeno e distinto que, apesar de ter prosperidade econômica, tem baixos capitais cultural e social.

Novos trabalhadores afluentes - um novo grupo, que é social e culturalmente ativo, mas tem níveis de capital econômico medianos.

Classe trabalhadora tradicional - tem baixa pontuação em todas as formas de capital, mas não é completamente desprovida. A média de idade das pessoas é de 66 anos.

Trabalhadores de serviços emergentes - Um grupo novo, jovem e urbano, que é relativamente pobre, mas tem capitais social e cultural elevados.

‘Precariado’ ou proletário precário - a classe mais pobre, mais desprovida de recursos em todos os campos. Esse grupo abrigaria hoje 15% da população, segundo os pesquisadores.

Existem diversas formas de denominar uma classe social (média/baixa, classe A, B, C, e por aí vai), mas essa pesquisa da BBC no Reino Unido revela uma nova forma de identificar consumidores na atual sociedade capitalista. Se fosse no Brasil como iríamos rotular? Classe batalhadora, trabalhadora, empreendedora, sofredora?

Confira o artigo completo no site da BBC

4/04/2013

66% dos profissionais de marketing dizem que o email oferece um "excelente" ou "bom" ROI


Dois terços dos profissionais de marketing (66%) afirmam que e-mail oferece um ROI "excelente" ou "bom". 8% das empresas realizam mais da metade de suas vendas através deste canal.

O resultado vem do Email Marketing Industry Census 2013, que mostra a importância do email na comunicação, apesar dos profissionais de comunicação terem cada vez mais opções de se comunicar com os consumidores.

Capriche no email marketing!