12/04/2009

HSM ExpoManagement 2009 - Web



Com a correria dessa semana no trabalho, graduação e pesquisas paralelas não pude estar em um dos eventos mais legais de gestão e marketing do Brasil, o HSM ExpoManagement2009. Mas pra não deixar vocês na mão, convoquei mais uma vez minha grande amiga Marcela Barahona, que já está virando nossa correspondente de grandes eventos para mostrar o que teve de mais legal e inovador nas palestras. Segue a opinião da Marcela com a visão, claro, do MKTfocus.

Começando do final, por que foi um dos assuntos mais comentados, Bill Tancer da HitWise trouxe o tema crowdsourcing e a tendência em curadoria na web. Pra quem não sabe, o crowdsourcing representa o conhecimento das massas, e é disso que grande parte dos sites de busca como Google e Bing e o próprio Youtube utiliza pra rankear os melhores vídeos, os sites mais acessados e etc.

Bill visualiza no futuro, as grandes empresas utilizando serviços de curadoria, um expert no assunto para fazer esse trabalho. Pra colocarmos numa linguagem bem simples, é a diferença de você perguntar para um vendedor o que tem de mais legal na loja e ele te oferecer a peça mais vendida e você fazer a mesma pergunta para um expert em moda e ele te falar qual o item must-have da estação. A mesma coisa ocorre com os sites de vídeos, no Youtube você verá sempre a lista dos mais populares e no Vidque você saberá quais são os vídeos mais legais.

Em relação a números, Tancer mostrou números de duas tendências que algum tempo os meninos já comentaram aqui no blog: As pessoas estão elaborando mais na hora de fazer as buscas e utilizando melhor as tags e os termos nos sites de busca e ao mesmo tempo estão mais insatisfeitas com os resultados achados porque ora são errados e ora demoram muito para ser encontrados. Veremos mudanças em breve nesse setor.

Outra palestra que extasiou os participantes foi sobre Cloudcomputing do pesquisador Nicholas Carr, que abordou a obsolescência dos banco de dados próprios e o crescimento do WWD, o banco de dados da rede mundial, muito utilizado pelo Youtube, Gmail, Wikipedia e Google Acadêmico.

O tema também não é novidade para os leitores do MKTfocus e deverá ser ainda mais explorado com a chegada da web 3.0 e a integração de dispositivos, portabilidade de dados, acessos remotos e sinergia de banco de dados. O dado mais chocante de seu estudo foi que apenas 3% das maiores empresas nos EUA adotam o cloudcomputing e ainda não acreditam ou tem medo da internet como sistema.

Patrick Sinclair, famoso engenheiro de softs da BBC também citou o assunto, mas de novidade mesmo trouxe o case do aclamado NY Times (sempre utilizado como fonte por aqui). O jornal passou a utilizar o cloudcomputing em seu sistema de arquivos, mais precisamente no Times Machine, a ferramenta que permite procurar informações por 70 anos do arquivo do jornal e o que antes ocupavam 4 terabytes em histórico, agora são 11 milhões de arquivos em pdf disponíveis na rede.

Agora resta saber se esses 11 milhões vão estar disponíveis de graça ou se vão entrar no
aclamado Google News Pago.

Imagens: Reprodução e CIOL.com

Marcela Barahona - Enviada especial do MKTfocus ao HSM ExpoManagement2009.
Postar um comentário